Em busca do Sucesso

Aqui você começa o seu ciclo para um sucesso absoluto.

A entrada de recursos na poupança, dos últimos meses, coincidiu com a antecipação da primeira parcela do décimo terceiro de aposentados e pensionistas do INSS. As entradas de recursos nas cadernetas de poupança superaram as retiradas em R$ 12,75 bilhões em junho deste ano, informou nesta sexta-feira (5) o Banco Central.
De acordo com a instituição, no mês passado:
os depósitos somaram R$ 348 bilhões,
as retiradas totalizaram R$ 335,6 bilhões.
Esse foi o maior ingresso de recursos, para um mês fechado, desde dezembro do ano passado — quando houve o aporte de R$ 13,77 bilhões na modalidade.
Poupança volta a ficar em alta no gosto dos brasileiros
Em maio deste ano, outros R$ 8,22 bilhões já haviam ingressado na poupança.
A entrada de recursos, dos últimos meses, coincidiu com a antecipação da primeira parcela do décimo terceiro de aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).
Já no acumulado do primeiro semestre deste ano, ainda segundo dados oficiais, as retiradas de recursos da poupança superaram os depósitos em R$ 2,79 bilhões.
Foi o melhor resultado para esse período desde 2020 (quando ingressaram R$ 84,4 bilhões na poupança, por conta do pagamento do auxílio emergencial na pandemia da Covid-19).
Com a entrada de valores na poupança em junho, o estoque dos depósitos, ou seja, o volume total aplicado, registrou aumento para R$ 1,01 trilhão. Em maio, somou R$ 993 bilhões.
source